Campanha #FomeDeViver

O governo do Rio de Janeiro vem, através de seu braço armado, se mostrando cada vez mais determinado no plano sanguinário de extermínio da população favelada. Nota-se um aumento considerável de operações policiais nas favelas, principalmente durante os jogos olímpicos. Operações com inúmeras violações de direitos, inibição e repressão da cultura local, e de forma…

Favelas: o coração e o beco

Por Raull Santiago  Imaginem um coração! É assim que eu vejo a favela onde vivo, o Complexo do Alemão, como um grande coração que bate através das artérias que levam a cada segundo o “sopro de vida” a ele, ou seja, os becos. Sim, este é um texto sobre os BECOS.

Distraídos, venceremos!

Por Raphael Calazans De forma bastante trágica parece que, mais do que nunca, costumamos a conviver lado a lado, quando algumas vezes em nossa própria casa, com a desgraça. Esse próprio coletivo, infelizmente, ás vezes costuma narrar uma das tragédias mais antigas e violentas, que parece ter se tornada membro perpétuo, dessa calorosa comunidade do…

Muita gente puxou o gatilho junto!

Por Raull Santiago Já se passou um ano desde o desespero, os gritos, os protestos, o choro e toda a dor diante de mais um assassinato brutal e covarde, cometido de forma institucional pelo braço armado do governo, a Polícia Militar. Daquele dia, me lembro principalmente de dois sons que se repetem em meu pensamento:…

Memória ativa: O funk é o museu

Por Raphael Calazans Se há um ponto de acordo, entre quem mora, quem pesquisa, quem luta, quem dorme, quem silencia, ou quem constrói e até aqueles que destroem, a vida em favela é esse: O vai e vem da vida, aqui, tem como marca a provisoriedade e a potencialidade. Dito por um professor: A dor…